A verdade sobre a “mudança de lado” dos vereadores Zelito Cabeleireiro e Ninho de Vivi

A pergunta que não quer calar: “O que está por trás da saída dos vereadores Zelito Cabeleireiro e Ninho de Vivi do grupo 40?”

A população de Rio Real tem percebido que nas ultimas sessões os vereadores usaram um discurso apelativo, mostrando-se preocupados com a mudança do cenário político realense. Me refiro aos vereadores que já passam de 3 (três) ou 4 (quatro) mandatos e que NADA FIZERAM pelo município, a não ser preparar seu reduto eleitoral com assistencialismo barato utilizando isso como moeda de troca nas eleições. Ainda chegaremos nos novatos…

Mas o que os levou a tomar tal decisão???

Tudo começou após o prefeito Carroça contratar uma empresa para realizar uma pesquisa na cidade, e se alguém achar que não é verdade, basta sair perguntando às pessoas  e em algum momento você encontrará alguém que participou da pesquisa.

Pois bem…

Cansada da pilantragem da família em criar artimanhas para distribuir a pilhagem e as vantagens feitas com o erário público em prol dos seus agregados e afilhados e NÃO FAZENDO ABSOLUTAMENTE NADA no município estando em seu 12º ano de gestão, és que a população mostra no resultado da pesquisa que Carroça já não tem mais credibilidade.

Muito preocupado e percebendo um cenário desfavorável, a única coisa que lhe restou, foi ludibriar os seus até então eleitores, tentando mostrar que ainda tem força política, “levando” para a família 2 (dois) dos vereadores do grupo de oposição.

Por que esses vereadores sairiam de um grupo que possui um cenário favorável para ir para um grupo desgastado e com uma campanha na corda bamba, com seu grupo dividido, inclusive com parte dele apoiando um novo candidato?

Vamos aos fatos!

Como já foi dito neste blog, Ninho de Vivi é uma das raposas mais espertas dentro do cenário político da cidade, mestre nas manhas e artimanhas em tirar vantagens e proveito do erário público para si e para os seus familiares, com um discurso bonito e que já está há 16 anos como vereador SEM TER SERVIÇOS PRESTADOS À POPULAÇÃO além de seu assistencialismo barato. Um vereador que possui bacharelado em direito, mas que não tem 1 (um) projeto de lei durante os seus 16 anos na política, dos quais ainda se orgulha (Jesus!).

Este mesmo vereador, ainda é funcionário efetivo do município e já possui estabilidade econômica, recebendo seus R$ 7.598,40 (sete mil quinhentos e noventa e oito reais e quarenta centavos) por uma carga horária de 20h…

ninhoprefeitura

… mais R$ 7.513,48 (sete mil e quinhentos e treze reais e quarenta e oito centavos) pelo seu cargo de vereador por 40h…ninhocamara

… totalizando R$ 15.111,88  (quinze mil cento e onze reais e oitenta e oito centavos). Sim, você não leu errado, o salário de Ninho de Vivi é de R$ 15.111,88 ao mês e, obviamente ele não iria se acostumar a receber menos que isso, pois já estava prevendo que por ser um vereador profissional (aquele que faz da política profissão), não iria se reeleger, tendo em vista que a sua votação vem baixando eleição após eleição, e claro, por ser um vereador que só preza por seus benefícios e de seus familiares. Então o que fazer para mesmo perdendo as eleições conseguir manter esse “pequeno” salário?

Agora é uma teoria que será comprovada lá na frente, ou não, mas que seria o fato de tal vereador ter feito a mesma proposta para o ex-prefeito, visando garantir seu “lugar ao sol” e provavelmente teve essa proposta recusada, fazendo com que o atual prefeito aceitasse a proposta, já que ele (o vereador) não tinha mais nada a perder, além de sua máscara. E quando este que vos fala se refere a proposta, inclui-se também a negociação de alguma secretaria ou cargo do “alto escalão” que venha garantir tais valores + o bonus de entrada que neste caso é antecipado, ou ainda, querer ser vice-prefeito, sabe lá, é o salário mais próximo do que ele recebe e ainda assim fica um pouco abaixo.

Pois bem…

E Zelito? Onde entra nessa história?

Tanto Zelito quanto Ninho, em seus discursos sempre pautados em não atingir a gestão, sempre munidos de bastante eufemismo ao falar dos problemas enfrentados pela gestão de Carroça e sem “críticas duras”, sempre na defensiva, e não participavam dos requerimentos feitos pela oposição,  deixaram transparecer por muito tempo que sempre foram beneficiados e que  estiveram numa prateleira, como  produto importado barato à venda, apenas esperando quem os pudesse comprar e um acabou encorajando o outro.

Zelito toda a vida trabalhou como cabeleireiro (profissão a qual tenho muita estima e apreço, um trabalho honesto e digno) e foi ingressado na política por meio de seu irmão Walmir Dias, conhecido por WD, um homem íntegro e de boa índole, que não mediu esforços para ajudar o seu irmão em sua carreira política, antes e durante todo o tempo.

Mas infelizmente para Walmir, seu irmão não apenas o traiu, traiu também o seus eleitores, as pessoas que acreditavam no vereador como sendo integrante do grupo 40, diga-se de passagem, grupo que o elegeu. O cara traiu o próprio irmão por dinheiro (Jesus!). Ouça o audio que Walmir Dias gravou:

Se o próprio irmão está indignado, você acredita que os eleitores dele não estão? Afinal,  Walmir Dias é um homem bem sucedido e não precisaria de seu irmão na política se não tivesse um interesse voltado à coletividade. Mas e Zelito, teve esse interesse?

É meus amigos, a frase é pesada: “Um homem que se vende não vale metade do que recebe”. É duro, mas foi de seu próprio irmão. O que me faz pensar por qual motivo um eleitor votaria em um candidato desse novamente, se e que ele terá a coragem de colocar seu nome à disposição.

Mas diferente de Ninho, que tinha pretensões de ser um prefeito deste município (Jesus nos proteja desse dia!), Zelito só estava assombrado com a repercussão dos discursos nas redes sociais, em que pessoas falam o tempo inteiro sobre substituir esses vereadores que não mostraram trabalho (e ele se identificou) para dar oportunidade aos novos que estão chegando. Foi uma presa fácil para o mestre da corrupção, isso ficou nítido em “seu discurso” preparado por um dos colaboradores do grupo de carroça e que ele apenas leu.

Diante de tudo que foi exposto, reflita sobre que tipo de político você quer naquela câmara após a próxima eleição:

1 – Vereadores sem caráter e que só pensam em si, não se importando com a população e que se vendem como mercadorias preocupados apenas com vossos bolsos;
2 – Vereadores que trabalham ou até mesmo novos vereadores com novas idéias e sangue novo para dar um gás no município e nos livrar dessa velha política;

Essa é uma oportunidade para iniciarmos o processo de RENOVAÇÃO! Agora já temos mais 2(duas) cadeiras que irão se disponibilizar para novos candidatos. Foi assim com Fernando Braz e será assim com todo aquele que subestimar a força do Povo.

O que a obsessão por dinheiro e poder não faz hein? Mas e você eleitor, onde entra nisso tudo?

As eleições já estão chegando e logo logo estes mesmos vereadores citados baterão em sua porta perguntando do que vocês estão precisando, porém, após esse dia eles só aparecerão nos próximos 4 (quatro) anos em que você passou sofrendo sem poder reclamar.

“Prefeito nenhum rouba sozinho, se ele rouba é porque a Câmara de Vereadores é corrupta, porque se não fosse, no primeiro roubo já mandavam ele ir embora”. – Sérgio Meneguelli – Prefeito de Colatina.

E ai? Mais algum vereador querendo pendurar a chuteira?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: