Saúde debilitada nem maquiagem disfarça.

Os agentes de endemias de Rio Real, lamentam “a falta de atenção” da administração municipal que vem numa crescente surpreendente, atingindo todos os setores.

A ação conjunta dos ACS – Agentes Comunitários de Saúde e dos ACE – Agentes de Combate às Endemias, gera benefícios para todos, na medida em que potencializa a ação dos dois profissionais, alcançando melhores resultados na prevenção de doenças e na promoção à saúde dos nossos munícipes realenses. No entanto, estes profissionais (os agentes de endemias) não vêm tendo atenção, quem dirá respeito por parte da secretaria de saúde e pelo prefeito Antônio Alves Carroça (o campeão dos descasos).

Já não é de hoje que os ACE – Agentes de Combate a Endemias, vêm reclamando das faltas de condições de trabalho, pois eles afirmam que estão trabalhando sem EPIs (equipamentos de proteção individual), além de alguns deles estarem usando roupas pessoais (Veja nos vídeos).

Os agentes já cobraram por uniformes, mochilas, protetor solar e materiais básicos como: caneta, lápis, borracha, pesca larva, picadeira, lanterna para fazer a vistoria em locais escuros, entre outros materiais de uso contínuo para que possam realizar os seus trabalhos de maneira eficaz. Este Kit foi entregue aos agentes em 2014 e até o presente momento não receberam mais, dispõem apenas de formulários, o que vem prejudicando a qualidade dos serviços destes profissionais tão importantes e consequentemente, prejudicando toda a população.

“Às vezes sinto vergonha de entrar na casa das pessoas com o uniforme (que mais parece um mulambo), fico parecendo um mendigo e por este motivo prefiro usar minhas roupas pessoais” – afirma um dos agentes de endemias de Rio Real.

Se pararmos para analisar, a população corre um enorme risco em relação não somente à saúde, mas também à segurança, pois qualquer pessoa pode se passar por um agente e ter acesso a sua residência se passando por um desses agentes.

Parece existir uma insensibilidade por parte da secretária municipal de saúde, Priscila, que vem sendo avaliada cada vez mais negativamente, já que são recorrentes as situações negativas no setor, sem contar no número de reclamações diárias no Jornal da Real.

Eu me pergunto como a prefeitura consegue gastar tanto dinheiro com eventos glamurosos, a exemplo do congresso dos professores, onde se gastou mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) em apenas 2 dias (com canetas personalizadas, bolsas, camisas para os professores, brindes etc), e já gastaram tanto dinheiro em tecidos para ornamentação dos festejos juninos, sem contar nos uniformes para fanfarras e funcionários da assistência social em mais de R$ 79.000,00 (setenta e nove mil reais), mas não investem tão pouco nestes profissionais que nos protege dia após dia de doenças avassaladoras que estamos cansados de ver nos noticiários de TV. E o que dizer da viagem realizada por 5 funcionários para Brasília? Era necessário? Será que não temos coisas mais importantes para se investir o dinheiro público?

Como consequência deste descaso, os trabalhos estão atrasados e a saúde de nosso povo está comprometida. Onde está o sorriso tão prometido? Será que nosso povo merece todo esse descaso?

Vídeo publicado nas redes sociais

Prefeitura Municipal de Rio Real!
Repetindo erros numa mesma história!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: